sexta-feira, 2 de dezembro de 2011

Inauguração Biblioteca da Escola Municipal Profª Maria Nilza da Silva Romão

Estive presente na inauguração da biblioteca da Escola Municipal Profª Maria Nilza da Silva Romão no Bairro de Vila Sônia, tendo a oportunidade de parabenizar a diretora da unidade Marcela Aparecida Rangel Matos pelo excelente trabalho realizado.


A iniciativa faz parte do projeto de redes de bibliotecas Porto do Saber. 

De acordo com a bibliotecária do Porto do Saber, Lucilena Bragion de Micco, cada biblioteca escolar terá, inicialmente, 1.500 livros, mas a meta é chegar a 2 mil unidades. 

“Os acervos terão títulos de diversos gêneros literários, como contos, crônicas, romances, poemas e histórias em quadrinhos”, destaca Lucilena, lembrando que os acervos serão informatizados, para facilitar as pesquisas bibliográficas. Além disso, será possível consultar os títulos disponíveis pela internet.

As bibliotecas escolares serão padronizadas, seguindo os mesmos moldes de instalações da biblioteca Porto do Saber. Cada uma terá 18 cadeiras almofadadas, 12 pufs e três mesas de seis lugares. 

O chefe da Divisão de Cultura nas Escolas, Renato Paes, destaca a importância da iniciativa. “Mais do que cumprir a lei, que determina a instalação de bibliotecas escolares, nós queremos oferecer aos alunos um lugar agradável, organizado e bem estruturado, onde ele tenha prazer em exercitar a leitura. Será um espaço para a criança estudar, se divertir, se informar, se emocionar e ampliar o seu conhecimento de mundo, sua imaginação, criatividade e espírito crítico”.

Projeto – Ao se referir à ideia de importação e exportação de conhecimento e cultura, o nome Porto do Saber não se refere apenas ao complexo cultural do Boqueirão, mas denomina um grande projeto de bibliotecas escolares e comunitárias em vários pontos da Cidade.

Dentro dessa concepção, também já foi entregue à comunidade uma biblioteca temática voltada para questões ambientais, com mais de mil títulos, na sede da Coordenadoria de Educação Ambiental.