terça-feira, 4 de agosto de 2015

Outros acontecimentos para o dia 04 de agosto:


DIA DA MORTE DE ANITA GARIBALDI - Admirada no Brasil e idolatrada na Itália, a humilde jovem lagunense Ana Maria de Jesus Ribeiro, conhecida como Aninha do Bentão, uniu-se a um revolucionário, foi soldado, enfermeira, esposa e mãe. Em todos os papéis, sua batalha sempre foi travada em nome da liberdade e da justiça. Tornou-se assim Anita Garibaldi, a "Heroína dos Dois Mundos”. Apesar de humilde, possuía uma tenacidade e um amor à liberdade só reservada aos grandes vencedores. Giuseppe Garibaldi refere-se a Anita como esposa companheira e corajosa. Foi dentro desta cumplicidade, só existente entre quem vive um grande amor, em que viveram Anita e Garibaldi. Anita participa das lutas em Imbituba, na tomada de Laguna, e em Curitibanos, onde foi capturada. Consegue fugir e em Lages, às margens do Rio Pelotas, cuida dos poucos sobreviventes feridos. Seus gestos de bravura e coragem, quando em defesa de seus ideais de liberdade, lhe renderam o título de "Heroína dos Dois Mundos" (recebe este título em função de ter lutado primeiramente aqui na América e morrer lutando na Europa, mais precisamente na Itália, por seus ideais). Na atitude natural dessa heroína simples existe a força convincente de um símbolo. E é cultivando nossos heróis que assumimos os compromissos do presente, dos quais resultarão as realizações do futuro. Emmeados de 1836, Bento Gonçalves instaura o governo da Nova República Rio-Grandense. Nessa época, Anita deixa para trás sua adolescência, firmando-se com um caráter independente e resoluto, e Giuseppe Garibaldi desembarca no Rio de Janeiro, iniciando um exílio que durou 10 anos.

Nessa cidade Garibaldi conhece o Movimento Farroupilha. Alista-se a este Movimento como corso, recebendo a patente de Capitão-Tenente a serviço da República rio-grandense. Ele luta com tanta bravura e idealismo, incorporando de tal maneira a figura do gaúcho, que já velho, na Itália, aparece vestindo o poncho e o lenço vermelho, símbolos da Revolução Farroupilha. Foi em Ravena que Anita Garibaldi morreu em 4 de agosto de 1849. É em toda a região que a comunidade procura preservar sua imagem, seja na Igreja de São Clemente - onde foi enterrada em dois locais diferentes (no cemitério e depois na sacristia da Igreja, por medida de segurança) -, no casarão onde faleceu e em logradouros públicos que levam seu nome.


Hans Christian Andersen

O escritor dinamarquês de contos infantis morre em 4 de agosto de 1875. Em suas histórias, como O Patinho Feio e João e Maria, misturava lendas populares, ensinamentos morais e humor. Ele nasceu em 2 de abril de 1805. Era pobre, desajeitado e alto demais quando criança, o que influenciou seus textos.

1827 - O fósforo foi inventado no Reino Unido por John Walker

1851 - Um golpe militar liderado pelo general Muñoz derruba o presidente Laureano Pineda na Nicarágua.

1875 - Morre Hans Christian Andersen, escritor dinamarquês de contos infantis.

1900 - Nasce Elizabeth, rainha-mãe da Inglaterra.

1901 - Nasce Louis Armstrong, músico norte-americano.

1903 - O cardial Giuseppe Sarto é eleito Papa, com o nome de Pío X.

1907 - Casablanca foi bombardeada por navios da armada francesa

1914 - Primeira Guerra Mundial: forças alemãs entram na Bélgica.

1916 - A Dinamarca vendeu as Índias Orientais aos Estados Unidos

1919 - A República dos Conselhor da Hungria é exterminada depois de 133 dias de existência.

1919 - Forças romanas entram em Budapeste e os dirigentes soviéticos saem do país, no que é considerado como a primeira derrota mundial do comunismo.

1922 - Na Itália, iniciaram-se confrontos entre fascistas e socialistas

1933 - O líder indiano Mahatma Ghandi é preso por autoridades coloniais britânicas pelo seu chamamento à desobediência civil.

1934 - Morre Marie Curie, pesquisadora polaca, prêmio Nobel de Física em 1903.
1936 - A cidade espanhola de Badajoz foi tomada pelas forças de Franco.

1940 - A Somalilândia Britânica foi invadida pelos italianos

1946 - Gabriel Videla é eleito presidente do Chile.

1950 - Dois fortes terremotos atingem o oeste da Venezuela: a cidade de Tocoyo é totalmente destruída.

1955 - O jornal "El Tiempo", o mais importante da Colômbia, é fechado pelo Governo militar.

1957 - O piloto argentino Juan Manuel Fangio conquista o título de pentacampeão na Fórmula 1.

1961 - O Parlamento britânico aprova a adesão do país à Comunidade Econômica Européia, proposta pelo Governo.

1964 - Estados Unidos começam a bombardear o Vietnã do Norte.

1978 - Um decreto-lei assinado pelo presidente Ernesto Geisel proibi a greve nos setores de segurança nacional e serviços de primeira necessidade.

1981 - Morre Melvyn Douglas, ator americano.

1982 - Morre Carlos Sabat Ercarty, poeta uruguaio.

1983 - Bettino Craxi torna-se o primeiro chefe de governo socialista na Itália desde que a democracia se reestabeleceu.

1993 - Assinatura de um acordo de paz que põe fim a três anos de guerra civil na Tanzânia.

1999 - Ao menos 518 pessoas morrem na Reúplica Democrática do Congo em um bombardeio sobre Makanza e Bogbonga, localidades controladas por forças rebeldes.

2000 - A rainha Elisabeth celebra seus cem anos de vida diante de 30 mil pessoas reunidas em frente ao palácio de Buckingham de Londres.