domingo, 2 de agosto de 2015

REPRESENTANTE COMERCIAL





De acordo com diferentes pontos de vista, o REPRESENTANTE COMERCIAL é:

Para o Supervisor: “Mais uma cota de vendas”.

Para o Gerente: “ Um alfinete no mapa da região”.

Para o Diretor: “ Um incompetente que está ganhando muito”.

Para o Financeiro: “ Um custo a mais no preço de venda”.

Para o Auditor: “ Uma conta de gastos excessivos”.

Para o Amigo: “Aquele que não deu certo na vida”.

Para os Colegas do Escritório: “Um turista”.

Para o Cliente: “Um pentelho”.

Para a Esposa: “Um tonto que não sabe fazer mais nada, senão trabalhar”.

Para a Sogra: “Um folgado que passa o dia todo na rua”.

Porém, ele precisa ter a resistência de Hércules, a arte de
 Maquiavel, o tato de um Diplomata, a eloqüência de um Orador, o encanto de um Homem da Sociedade, a agilidade mental de um Matemático e um “saco” de touro.

Deve ser impermeável aos insultos e às queixas, à cólera, ao desprezo e aos efeitos dos aperitivos que toma em companhia do cliente.

Tem que ser capaz de vender todos os dias, entreter alguns clientes durante a noite, dirigir pela madrugada até a cidade mais próxima e estar no cliente às 7:30h. da manhã, com o bom humor de uma rosa.

Tem que ser entendido em futebol e carteados, contar boas anedotas, ser homem bem informado, agradável companheiro de mesa, atencioso e ouvinte de histórias tristes e desabafos e rir de anedotas idiotas.

Bem quisera que seus produtos fossem ainda melhores e mais bem aceitos, seus preços menores, a sua comissão mais elevada, sua área melhor, seus concorrentes mais leais, sua mercadoria entregue a tempo, seu chefe mais simpático, sua propaganda mais eficiente e seus clientes mais humanos.

Entretanto ele é realista, sabe que nada disto acontecerá.

É otimista, arregaça as mangas, vai à luta e sempre consegue seus objetivos.

Viaja solitário em seu carro sabendo que a solidão de

um quarto triste de hotel é a sua única companheira, freqüentemente.

A cada dia carrega nos ombros o peso morto das vendas do mês anterior e a cota requerida para o mês seguinte.

Terminado o trabalho de rua, volta ao hotel e

inicia a redação da “Maldição do REPRESENTANTE COMERCIAL”: o

Relatório Diário!!!

Apesar de tudo isto, não deseja outra coisa na vida.

Ele mesmo é o primeiro a proclamar com orgulho.....

SOU REPRESENTANTE COMERCIAL......e sou eu que ajudo a pagar as contas de todos!!!