quarta-feira, 23 de maio de 2012

Semana da Mata Atlântica


A Semana da Mata Atlântica foi aberta na quarta-feira (23), no Palácio das Artes, em Praia Grande. Durante a abertura do evento foi lançado o livro “Viajando nos Caminhos da Mata Atlântica”, que é a décima publicação desenvolvida pela equipe da Coordenadoria de Educação Ambiental do Município. O livro tem como alvo alunos de ensino Fundamental.
O evento comemorou também o aniversário da Coordenadoria, que é mantida pela Secretaria de Educação (Seduc). “Este ano a Coordenadoria de Educação Ambiental de Praia Grande está completando 15 anos e nesse período recebemos dois prêmios, um da CPFL em nível estadual, em 2002 e, outro do Fundo Estadual de Recursos Hídricos, em 2011”, destacou Glória Bruno, coordenadora de Educação Ambiental do Município.

O comandante da Fortaleza de Itaipu, coronel do Exército Gílson Passos Oliveira ressalta a preservação da Mata Atlântica na Cidade. “O Exército está nesse pedaço da Mata Atlântica desde 1902 e nos orgulha quando nossos visitantes se deslumbram com a preservação dessa região nativa. Pois um de nossos objetivos é passar despercebido pela natureza, sem deixar rastros ou vestígios de nossa presença”.

Os visitantes poderão apreciar e comprar artesanato indígena, animais empalhados, acompanhar palestras e receber várias informações sobre a Mata Atlântica e seu ecossistema.

A Semana conta com oficinas de xilogravura, papel reciclado, brinquedos, jogos ecológicos e arte com plantas, além de palestras, plantio de mudas e apresentação de dança indígena. Um dos destaques, nesta quinta-feira (24), é uma roda de conversa entre o público e índios guaranis de Praia Grande, que ocorrerá a partir das 14h30.

Até domingo (27), o local estará aberto para visitação, com entrada gratuita. O endereço do Palácio das Artes é Avenida Presidente Costa e Silva, 1600, Bairro Boqueirão. A exposição acontece na quinta e sexta-feira das 9h às 21 h, no sábado, das 9h às 17h, e no domingo, das 11h às 16h.

Confira a programação da Semana da Mata Atlântica
Dia 24- quinta-feira
14h30 às 15h30 – Roda de conversa com os índios guaranis de Praia Grande

19h00 – Palestra “Aves da Serra do Mar: diversidade e ameaças” – professor Fábio Schunck, biólogo, pesquisador da Universidade Santo Amaro (UNISA-SP), especialista em ornitologia (estudo de aves)

Dia 25 – sexta-feira
19h – Palestra “As borboletas e sua importância para a manutenção da Mata Atlântica” - professor Ronaldo Bastos Francini, da Universidade Católica de Santos (UniSantos), especialista em ecologia

Dia 26 – Sábado
Palestras dos expositores
09h30 às 10h30 – “Como cultivar orquídeas” - Moriharu Higa, orquidófilo
14h às 15h – “A importância das abelhas na Mata Atlântica” - José Gomes dos Santos, apicultor
16h às 17h – Palestra “A energia das plantas da Mata Atlântica” - Paulo de Tarso, ervanário credenciado pelo Conselho Brasileiro de Fitoterapia

Dia 27 – Domingo
11h - Apresentação de dança dos índios guaranis e plantio de mudas da Mata Atlântica
14h às 16h – Oficinas – xilogravura, papel reciclado, brinquedos, jogos ecológicos, arte com plantas

Expositores
- Prefeitura da Estância Balneária de Praia Grande
- Secretaria de Educação: Coordenadoria de Educação Ambiental
- Secretaria de Serviços Urbanos: Divisão de Praças e Áreas Verdes
- Secretaria de Urbanismo: Departamento de Meio Ambiente
- Museu Florestal Octávio Vecchi – Governo do Estado de São Paulo
- Reserva da Biosfera – Cinturão Verde da Cidade de São Paulo - RBCV
- Parques Estaduais: Serra do Mar e do Xixová-Japuí
- Tribo Indígena Guarani
- Polícia Militar Ambiental do Estado de São Paulo
- 2º Grupo de Artilharia Antiaérea Fortaleza de Itaipu
- Secretaria de Estado do Meio Ambiente – Coordenadoria de Educação Ambiental
- Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo – Sabesp
- Comitê das Bacias Hidrográficas da Baixada Santista – CBH-BS
Biopesca
- ECOVIVER
- Ervanário
- Apicuário

Por Mauricio Eirós , MTB: 26.176